Atrás nas pesquisas, Mercadante diz que vence PSDB no 1º turno

SÃO PAULO - Apesar das pesquisas de intenção de votos apontarem larga vantagem e vitória de Geraldo Alckmin (PSDB) na corrida pelo governo de São Paulo, o candidato do PT, Aloizio Mercadante, afirmou que além de ir para o segundo turno, irá superar seus adversários já no primeiro turno. "Não me contento em apenas ir para o segundo turno, vou ganhar deles já no primeiro, e, no enfrentamento da segunda etapa, o tucano não terá como fugir de mim nos debates", afirmou. Em sua passagem pelo interior do Estado, o petista voltou a falar sobre o episódio que paralisou uma linha do metrô de São Paulo e causou revolta da população. "Claro que tinha que falhar, além de serem lentos na expansão do metrô, as linhas que servem a cidade não recebem manutenção adequada", disse. O candidato fez uma rápida caminhada pelo Calçadão da Batista de Carvalho, principal centro comercial da cidade sendo acompanhado por dezenas de pessoas. Mercadante voltou a criticar os pedágios nas rodovias paulistas. "Eles não investem no metrô e no transporte ferroviário pelo simples motivo de que eles não podem pedagiar o trecho", disse. O petista também acusou o atual governo da falta de segurança no Estado. "Aqui em São Paulo só não tem crack dentro das cadeias, mas aqui fora está perdido", afirmou.