Juiz manda tirar do ar propaganda contra Ricardo Coutinho na Paraíba

Beth Torres, Portal Terra

JO O PESSOA - O juiz auxiliar da Propaganda de Mídia do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Eduardo José de Carvalho, concedeu à coligação "Uma Nova Paraíba", encabeçada pelo candidato Ricardo Coutinho (PSB), uma liminar para retirar do ar uma inserção de autoria da coligação adversária, "Paraíba Unida", onde são feitos ataques ao socialista. Cabe recurso da decisão.

A coligação que tem como candidato à reeleição José Maranhão (PMDB), afirma em programa de TV que Coutinho não tinha resolvido os problemas da área de Saúde de João Pessoa, quando prefeito, e que o candidato também não teria competência para fazer uma boa gestão nessa área a nível estadual.

Na representação de nº 6732-25, a coligação "Uma Nova Paraíba" pede a retirada imediata do ar do material veiculado, alegando que foram utilizados de forma irregular recursos de computação gráfica que não são permitidos nesse tipo de propaganda. O magistrado determinou a suspensão da veiculação da propaganda até que o mérito da ação seja apreciado.

Segundo explicou o advogado da coligação "Uma Nova Paraíba", Fábio Andrade, além das declarações sobre o candidato socialista contidas na inserção não serem verídicas, também foram utilizadas de forma irregular os recursos de computação gráfica não permitidos nesse tipo de propaganda eleitoral.