Iris vai colar em Dilma e Lula para levantar campanha em Goiás

Mirelle Irene, Portal Terra

GOI NIA - A 18 dias da eleição, a coordenação da campanha de Iris Rezende (PMDB) ao governo aposta na parceria com a campanha de Dilma Rousseff (PT) para tentar aumentar seus índices nas pesquisas e consolidar um segundo turno em Goiás. O candidato do PMDB ainda não passou nenhuma vez nas pesquisas o adversário Marconi Perillo (PSDB), e permanece no segundo lugar de acordo com os levantamentos eleitorais.

Na última pesquisa publicada no Estado, por exemplo, realizada pelo Instituto Grupom e veiculada na segunda-feira (13), na Rádio 730 AM, de Goiânia, o candidato do PSDB continua liderando a disputa, com 46,2% das intenções de voto, seguido por Iris, com 31,4%. Esse levantamento ouviu 1.202 eleitores, entre os dias 7 e 11 de setembro e foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 29.348/2010 no dia 6 de setembro.

A coligação de Iris, a "Goiás Rumo ao Futuro", acredita que Dilma e Lula podem contribuir para alterar este quadro. "Nós integramos um projeto, o PT e o PMDB. Estamos juntos, Dilma trabalhando para nós e nós trabalhando para Dilma. É uma tarefa de mão dupla", assinala Iris. "O resultado das pesquisas não estão correspondendo àquilo que nós estamos sentindo no meio do povo" afirmou, sobre o desempenho nos levantamentos.

"Estas pesquisas já erraram tanto em relação a minha própria eleição em 2004. Será que elas estão imunes a erro agora?", questionou. Para Iris, a associação de seu nome a de Dilma já teve repercussão no eleitorado.

O coordenador político da campanha de Iris, o ex-deputado Sodino Vieira (PMDB), está satisfeito com o "casamento" da campanha de Iris e Dilma. "Todas as ações que nós solicitamos ao presidente Lula e à futura presidente Dilma - comícios, gravações com os dois pedindo votos para Iris - foram realizadas", disse. "Acredito que a entrada da militância do PT, a virada nas pesquisas, mostra que Dilma já ajudou, mas ela vai continuar ajudando Iris nesta reta final", completou.

Há nove dias, Iris participou de comício de Lula e Dilma no entorno do Distrito Federal, mas a coordenação da campanha do peemedebista tenta agendar mais um evento com os petistas e Iris nesta reta final de campanha. "O presidente é muito solicitado no Brasil todo, mas tem gente nossa em Brasília tentando fechar esta visita", disse Sodino.