Serra sobre Dilma: "ela terceiriza até o debate de campanha"

Portal Terra

DA REDAÇ O - No segundo bloco do debate realizado pelo Estadão/Gazeta na noite desta quarta-feira (8), candidato pergunta para candidato. O candidato do PSDB à presidência da República, José Serra levantou à Plínio de Arruda Sampaio (Psol) a questão da ausência da candidata petista, Dilma Rousseff no debate e afirmou que "ela terceiriza até o debate de campanha, é o presidente do partido e da República quem falam por ela".

Plínio, que voltou a arrancar risos da plateia, respondeu que ninguém conhece a candidata. "Ninguém conhece a moça, nem o Lula (...) Ela não veio porque não é do ramo. Ela foi inventada", afirmou argumentando que o que faz uma pessoa preparada para dirigir a República é ter passado por outros estágios do poder. "Gosta de passar a perna nos outros, passou no Brizolla", relembrou.

Marina indagou o candidato tucano sobre a posição dele sobre o novo Código Florestal, em tramitação na Câmara. Serra afirmou que esse semestre não é um semestre ideal para votar uma lei dessa importância. "Ela deve ser deixada para o primeiro semestre do ano que vem", afirmou ao dizer que deve se levar em conta peculiaridades das regiões brasileiras. "Temos que ter uma discussão mais aprofundada para procurar uma saída. Não sou a favor de uma anistia sobre as multas. Em alguns aspectos, temos que levar em conta, como a antiguidade das propriedades", afirmou. E acrescentou: "Floresta, conta comigo. É um patrimônio muito valioso", concluiu o candidato.