Secretário do PSDB quer processar criminalmente André Vargas

Portal Terra

S O PAULO - O secretário da executiva nacional do PSDB, Carlos Sampaio, quer que o partido processe criminalmente o secretário de Comunicação do PT, André Vargas, por ter caluniado Aécio Neves. Na avaliação de Sampaio as afirmações contra o ex-governador mineiro foram vergonhosas, irresponsáveis e criminosas, foram uma tentativa de criar um fato novo para tirar o foco da questão. "Essa prática é do cotidiano do PT, faz parte da vocação do partido afrontar a privacidade das pessoas", afirmou.

Sampaio disse que o PT de início aparelhou a máquina estatal e que agora se valem de seus militantes para práticas criminosas além de orientar dirigentes de órgãos públicos a acobertar os fatos. Ele protocolou um pedido de CPI na semana passada para averiguar os atos ilícitos da Receita Federal, mais especificamente os relacionados ao secretário Otacílio Cartaxo, e ao corregedor Antonio Carlos D'Ávilla.

Afirmou que "o conjunto dos fatos evidencia que tudo foi formulado pelo PT e nenhum fato leva Aécio Neves". "Vargas parece desconhecer a história da quebra de sigilo feita pelo PT", argumentou ao citar o dossiê feito contra Ruth Cardoso, aloprados e o caso do Francenildo. "Vargas está muito atento ao blog dele e esqueceu de ler as noticias do país (...)está faltando leitura a André Vargas", concluiu.