Tiririca arrecada mais que colegas de partido e que Maluf

Portal Terra

S O PAULO - Candidato a deputado federal por São Paulo, o humorista Tiririca é um dos que mais arrecadou verba para campanha se comparado a seus colegas de partido, o PR. Mais que isso, ele supera até nomes famosos da política, como Paulo Maluf.

Segundo a prestação de contas divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral de São Paulo, Tiririca arrecadou aproximadamente R$ 594 mil para gastos de campanha. A maior parte dos recursos (R$ 161 mil) foi usada na produção de material impresso, como folhetos e cartilhas.

Apontado como um dos prováveis puxadores de voto do PR, Tiririca recebeu a maior parte dos recursos do Fundo Partidário. Em geral, doações de empresas ou pessoas físicas também fazem parte das arrecadações, mas, no caso de Tiririca, a verba do partido corresponde a 86% do dinheiro que ele declarou, R$ 516 mil.

O humorista supera colegas de partido como o três vezes deputado federal Milton Monti, que só declarou R$ 250 mil, dos quais R$ 150 mil vieram do partido. Outro colega de partido e "famoso", Juca Chaves obteve só R$ 1,2 mil.

A verba que Tiririca conseguiu chega a ser quatro vezes maior que a do ex-governador de São Paulo, Paulo Maluf, atual candidato a deputado federal pelo PP. Maluf declarou uma arrecadação cerca de R$ 147 mil. Destes, R$ 94 mil vieram do Fundo Partidário. Outros políticos de São Paulo como José Aníbal (PSDB) e José Genoíno (PT) também foram menos agraciados com dinheiro de seus partidos que Tiririca. Aníbal declarou receber R$ 130 mil do PSDB enquanto Genoino teve R$ 351 mil do PT.

Tiririca também supera outras "celebridades" na corrida pelo Congresso. Até o ex-atacante da Seleção Brasileira, Romário - candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro - tem menos verba que o humorista. Romário declarou apenas R$ 133 mil.