Serra pede votos para Alckmin em programa eleitoral

Portal Terra

S O PAULO - Na tarde desta quarta-feira (8), o programa eleitoral de Geraldo Alckmin, candidato do PSDB ao governo de São Paulo, contou com um depoimento do presidenciável tucano José Serra, que pediu votos para Alckmin e ressaltou os benefícios da parceria. "Eu e o Geraldo trabalhamos juntos há muitos anos e sempre com bons resultados para a população", disse.

"Primeiro eu como ministro e ele como governador, depois ele no governo e eu na prefeitura da capital, depois eu como governador e ele como secretário de Desenvolvimento. Comigo na presidência e o Geraldo no governo, nós vamos continuar nessa parceria do bem", prometeu Serra.

Líder nas pesquisas, Alckmin voltou a focar seu programa eleitoral em projetos para a educação, defendendo sua principal bandeira: o ensino integral. "Eu digo sempre que educação e saúde são duas áreas que sempre dá para melhorar. (...) Nós saímos do zero e já temos 400 escolas com ensino integral. Agora vamos ampliar para todo o Estado".

Em mais um ataque ao candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante, a campanha tucana fechou seu programa na TV com críticas a uma suposta ausência do petista no Senado. "Em 7 de julho deste ano o Senado votou mais de 1 bilhão de dólares para expandir o Metrô de São Paulo. Veja o boletim de presença. Mercadante faltou", enfatizou o locutor do programa.

Ao lado de Lula, o candidato do PT Aloizio Mercadante, repetiu seu programa, ressaltando os projetos para educação e saúde. O petista prometeu diminuir o valor dos pedágios e aumentar os centros de especialidades médicas, as obras pelo interior e os investimentos no programa Minha Casa, Minha Vida. "O que eu estou propondo é uma mudança segura. Isto significa que o que está bom, a gente continua e melhora para atender mais e mais pessoas. Mas aquilo que não funciona direito, a gente vai melhorar, como fizemos no governo Lula".

Já o programa de Paulo Skaf, que concorre a uma vaga no governo de São Paulo pelo PSB, voltou a enfatizar que os eleitores precisam de um novo governador e contou com o depoimento de Ciro Gomes pedindo votos para sua candidatura.