Não há discussão sobre ajuste fiscal na campanha, diz Dilma

Portal Terra

S O PAULO - A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou em coletiva à imprensa, no Senai Roberto Simonsen, em São Paulo, que não autoriza "nenhuma avaliação sobre ajuste fiscal" em 2011. "Não tem discussão na campanha. Como discutir qualquer questão dessas antes da eleição?", disse a candidata petista.

Segundo a ex-ministra da Casa Civil, a situação econômica do país não é a mesma de 2002. "O Brasil tem dívida líquida diminuindo e as taxas de juros têm condições de chegar a níveis internacionais". A petista disse que a principal discussão após o ano eleitoral será o desenvolvimento.

Nesta segunda-feira, Dilma cumpriu sua primeira agenda pública com o candidato do PSB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf. Eles visitaram o Senai Roberto Simonsen, no Brás. Nas dependências da escola técnica, Dilma posou para fotos com o torno mecânico usado em 1963 por Lula, ex-aluno da escola. Houve gritos de "Cuidado com o dedo" quando a ministra se aproximou da máquina. A candidata conheceu ainda um jogo de xadrez feito pelos alunos e destacou as peças rei e rainha.