Dilma bate Serra em São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná

Portal Terra

S O PAULO - A candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, superou o seu principal adversário, José Serra (PSDB), nas intenções de voto em São Paulo, no Rio Grande do Sul e no Paraná, locais em que o tucano liderava a disputa até a pesquisa anterior do Instituto Datafolha.

O novo levantamento foi divulgado nesta quinta-feira. Além disso, a petista também está na frente em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, estados que, depois de São Paulo, apresentam os maiores índices de eleitores do país.

Com mais de 30 milhões de eleitores, São Paulo concentra o maior número de eleitores do Brasil. Neste que é o principal reduto eleitoral serrista, Dilma aparece com 41% e Serra com 36% das intenções de votos. A petista passou o tucano no estado, governado pelo candidato até abril deste ano. Na pesquisa anterior, divulgada no dia 21 de agosto, Dilma tinha 34% - sete pontos a menos do que agora - e Serra tinha 41% - cinco pontos a mais do que hoje.

Dilma também ultrapassou Serra no Rio Grande do Sul e no Paraná. No levantamento feito com os gaúchos ela pulou de 35% para 43%, enquanto o tucano caiu de 43% para 39%. No Paraná, ela saiu de 34% para 43%, e Serra caiu de 41% para 34%.

Em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do Brasil, a ex-ministra saiu de 41% na semana passada para 48% nesta semana. Serra caiu de 34% para 29%. No Rio de Janeiro, a vantagem também aumentou: Dilma, antes com 41%, pulou para 46%; Serra, anteriormente com 25%, perdeu dois pontos, caindo para os 23%.

De acordo com o Datafolha, a petista, com 49% das intenções de voto no total, venceria Serra, com 29%, ainda no primeiro turno.

Encomendada pelo jornal Folha de S. Paulo e pela Rede Globo, a pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 24 de agosto, com 10.820 entrevistados em todo o país, e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 20 de agosto de 2010, sob o número 25473/2010.