Skaf sobre imagem de Lula na campanha de Serra "é democracia"

Fernanda Frozza, Portal Terra

S O PAULO - "Se Lula deixa usar as imagens, para mim é democracia". Foi assim que o candidato ao governo do Estado pelo PSB, Paulo Skaf, resumiu sua opinião sobre as cenas do presidente no programa eleitoral da petista Dilma Rousseff e do tucano José Serra - que concorrem a uma vaga no Palácio do Planalto. A afirmação foi feita neste domingo (22), durante visita de Skaf no bairro Cidade Tiradentes, zona leste da capital.

Quando questionado se achava oportunista o uso das imagens do presidente, o candidato preferiu não criar polêmica. "O programa da Dilma eu já vi, o do Serra só ouvi falar. Mas, para mim, isso só diz respeito ao Lula e aos dois envolvidos", concluiu.

Em caminhada na região, o candidato fez "corpo a corpo" com eleitores, visitou o comércio e cumprimentou trabalhadores de uma feira local. Logo depois, seguiu para fazer carreata em Guaianases - bairro vizinho -, acompanhado de um trio elétrico.

Skaf também reforçou o apoio do PSB à eleição da candidata Dilma Rousseff e confirmou encontro com a presidenciável no SENAI do Brás, na próxima segunda-feira (23). "Estaremos junto nessa. Foi lá que o Lula estudou", afirmou.

Dilma encontra Mercadante e Skaf amanhã

Ainda que Paulo Skaf tenha garantido o encontro com a petista na segunda-feira (23), às 9h, a agenda de Dilma também confirma que no mesmo dia haverá comício com outro candidato, que disputa uma vaga no governo de São Paulo, Aloízio Mercadante (PT), às 5h30.