Serra: 'Metrôs no Brasil têm investimento, mas não funcionam'

Priscila Tieppo, Portal Terra

S O PAULO - Após prometer 400 Km de metrô no País inteiro com verba de R$ 45 bilhões, o presidenciável José Serra reafirmou o valor, mesmo depois do governo do Estado de São Paulo ter estimado R$ 160 bilhões. O candidato tucano foi questionado sobre o assunto neste domingo (15), durante visita à Bienal do Livro de São Paulo.

"Aí é porque é o metrô em São Paulo, que tem túnel, desapropriação, que tem que partir do zero. A maioria dos metrôs no Brasil está com o investimento já feito e não estão funcionando, por exemplo, em Salvador, Recife, Fortaleza. É outro tipo de investimento", afirmou o candidato.

Serra fez a promessa, após uma viagem em um dos trens urbanos da CPTM paulista, na última quinta-feira (12), quando afirmou que seriam necessários entre R$ 40 bilhões e R$ 45 bilhões para realizar o projeto de expansão dos metrôs em algumas das principais cidades do país, como Recife, Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Fortaleza, Goiânia e Salvador.

Serra caminhou por cerca de uma hora e meia pela feira de São Paulo, cumprimentou eleitores, visitou stands, ganhou livros e tirou fotos com crianças. O candidato estava acompanhado do Secretário de Educação do Estado de São Paulo, Paulo Renato Souza.

A 21ª Bienal Internacional do Livro é realizada no Centro de Exposições do Anhembi, na capital. A feira oferece, além de livros, uma programação cultural desenvolvida para despertar o gosto pela leitura entre crianças, jovens e adultos. O evento será encerrado no domingo (22).