Serra encontra personalidades e lideranças em almoço no RS

Portal Terra

PORTO ALEGRE - Os organizadores da campanha do presidenciável José Serra (PSDB) no Rio Grande do Sul montaram uma agenda de peso para o tucano nesta segunda-feira em Porto Alegre e na região metropolitana. O objetivo é fazer frente tanto aos números das últimas pesquisas do Ibope e do Datafolha sobre as intenções de voto entre os gaúchos - que apontam Serra em queda e Dilma em alta - quanto aos eventos realizados para a adversária Dilma Rousseff (PT) na sexta-feira (13).

Em agenda no Rio Grande do Sul na sexta, Dilma primeiro reuniu-se com prefeitos de 10 diferentes partidos (entre eles representantes do PMDB, que se dizia majoritariamente Serra no Estado). Depois recebeu uma homenagem do PDT gaúcho, que fez questão de vincular sua trajetória à imagem do líder trabalhista Leonel Brizola.

Serra segue do aeroporto direto para um almoço no Parque da Harmonia, para o qual foram convidadas 800 pessoas. Em um tipo de estratégia que já foi utilizada em outras ocasiões pelo PSDB, o comitê suprapartidário do candidato no Estado informou que parte das presenças no almoço é de personalidades que integram um movimento da sociedade civil organizada intitulado "Gaúchos com Serra". Entre as personalidades regionais estarão a escritora Lya Luft, o jornalista Flávio Tavares, o médico Fernando Lucchese e o ex-ministro Paulo Brossard. Tavares ficou encarregado de ler um manifesto de apoio durante o evento.

Para tentar diminuir a repercussão da adesão de prefeitos do PMDB gaúcho a Dilma, foram convidados também os prefeitos das cidades de Caxias do Sul, José Ivo Sartori, e de Santa Maria, Cezar Schirmer, ambos serristas. As cidades que comandam são, respectivamente, o segundo e o quinto maiores colégios eleitorais do Estado.

Ainda durante o almoço o candidato recebe o apoio de fumicultores gaúchos e produtores rurais. Depois se desloca para a cidade de Novo Hamburgo (sexto maior colégio eleitoral do RS), distante cerca de 40 quilômetros da capital . Lá visita uma empresa do setor coureiro-calçadista, participa de um ato político com empresários e sindicalistas na própria empresa e visita ainda para a redação dos veículos de um dos grupos de comunicação da região, o Grupo Sinos. No final da tarde o tucano volta para Porto Alegre e tem reunião com empresários na sede da Federação das Indústrias do RS (Fiergs). Para o encontro foram convidados 150 empresários gaúchos, de diferentes setores.