Bovespa abre em queda pressionada por exterior

O Ibovespa iniciou os negócios em território negativo nesta manhã de quinta-feira, 2, em linha com as perdas vistas nos mercados acionários internacionais. No radar segue o novo embate comercial entre Estados Unidos e China. Na quarta-feira, o governo Donald Trump ameaçou oficialmente impor tarifas de 25% sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses, e não mais de 10% como antes mencionado, o que reacende preocupações sobre o contágio ao comércio global.

Às 10h30, o Ibovespa recuava 0,80%, aos 78.668,61 pontos. Entre as blue chips, as perdas são conduzidas pelas ações da Vale e do setor financeiro.