Juros passam a cair com dólar, após abertura em alta

Os juros futuros operam em baixa na manhã desta terça-feira, 29, após terem começado a sessão em alta firme, alinhados ao dólar. Segundo profissionais de renda fixa, o ajuste se deve à percepção de que a paralisação dos caminhoneiros começa a perder força e também acompanha a desaceleração do dólar ante o real.

A aceleração do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) de maio (1,38%, de 0,57% em abril) colaborou para a pressão de alta inicial.

Às 10h05, o DI para janeiro de 2020 estava em 7,63%, de 7,71% no ajuste de segunda-feira. O DI para janeiro de 2021 estava em 8,74%, ante 8,83%, enquanto o vencimento para janeiro de 2023 marcava 10,31%, de 10,38% no ajuste de segunda-feira.

No câmbio, o dólar à vista caía 0,08%, aos R$ 3,7302. O dólar futuro de junho recuava 0,17%, aos R$ 3,730.