PIB dos EUA com avanço revisado a 2,9% no 4°T de 2017

A economia dos Estados Unidos, a maior do mundo, cresceu significativamente mais rápido no final de 2017, segundo dados revisados e que, além disso, mostram um gasto maior do consumidor e um maior investimento empresarial, segundo informou o governo nesta quarta-feira.

O PIB americano cresceu 2,9% no quarto trimestre de 2017, 0,4 ponto a mais que na última estimativa prévia, afirmou departamento do Comércio.

Essa taxa evidencia um crescimento significativamente mais rápido que o esperado pelos analistas.

O resultado mais otimista para o período outubro-dezembro não leva em conta os cortes de impostos de 1,5 trilhão de dólares realizados em dezembro, que, segundo os economistas, deveriam impulsionar o crescimento em curto prazo.

A terceira e última estimativa do crescimento econômico dos Estados Unidos, baseada em um conjunto mais completo de dados, foi apenas inferior ao objetivo do presidente Donald Trump de um crescimento anual de 3%.

Mas para todo o ano, a taxa de crescimento se manteve sem alterações em 2,3%, mais que o 1,5% visto em 2016, mas ainda muito abaixo do objetivo de Trump e da expansão de 2,9% alcançada em 2015.