Bovespa ronda a estabilidade, enquanto Suzano sobe 20,0% com compra da Fibria

A Bovespa inicia os negócios em leve queda nesta sexta-feira, 16, em meio às renovadas incertezas com o cenário político dos Estados Unidos e em linha com a fraqueza vista no pré-mercado em Nova York. Às 10h30, o Ibovespa recuava 0,12%, aos 84.828,37 pontos. 

A ação da Suzano começou os negócios com ganho superior a 24%, mas desacelerava para 20,56% (em leilão), em reação à compra da Fibria, que por sua vez via seus papéis em baixa de 9,40%. 

A operação foi concluída em reunião na madrugada, com participação de representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

O valor da transação envolve R$ 29 bilhões em dinheiro e 255 milhões de ações da nova empresa que vão capturar a sinergia do negócio.

Fonte: Estadão Conteúdo