China estabelece meta de crescimento de 6,5% para 2018

A China marcou como meta para 2018 um crescimento em torno de 6,5%, dentro das expectativas e abaixo do crescimento de 6,9% registrado no ano passado, informou a agência oficial de notícias Xinhua, nesta segunda-feira (5).

O índice foi apresentado em uma sessão de trabalho na abertura do Parlamento.

Assim como no ano passado, o gigante asiático projeta uma alta dos preços ao consumidor em torno de 3%.

"Esses números estão bem adaptados, levando-se em conta que a economia chinesa está em transição entre uma fase de crescimento rápido e uma fase de desenvolvimento quantitativo", segundo um trecho do discurso do primeiro-ministro Li Keqiang à Assembleia.

"Temos a capacidade e as condições necessárias para conseguir um crescimento de melhor qualidade, mais eficaz e duradouro", acrescentou o primeiro-ministro.

O governo anunciou ainda que o orçamento militar crescerá 8,1% em 2018, o que representa um aumento em relação a 2017 (+7%), a 1,11 bilhão de iuanes (175 bilhões de dólares). 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais