Electrolux suspenderá investimentos nos EUA com tarifas de Trump

A fabricante sueca de eletrodomésticos Electrolux disse, nesta sexta-feira, que vai suspender seus investimentos nos Estados Unidos na sequência do anúncio do presidente Donald Trump de que pretende impôr tarifas sobre as importações de aço e alumínio.

"Estamos congelando nossos investimentos", disse o porta-voz da Electrolux, Daniel Frykholm, à agência de notícias sueca TT. 

>> As ações protecionistas do governo Trump

"Precisamos analisar os impostos e ver como o mercado reage", disse ele. "Mas, para ser claro: esta é uma mensagem para o governo (de Trump), isso é realmente negativo para nós".

De acordo com o canal de televisão público sueco SVT, o investimento de 250 milhões de dólares seria destinado a modernizar uma fábrica da Electrolux.

Frykholm disse que a intenção da Trump de impôr tarifas de 25% ao aço e 10% ao alumínio importado pelos Estados Unidos "poderia tornar economicamente injustificável" o investimento planejado na fábrica.