Bolsas da Ásia encerram pregão em alta após congresso do Partido Comunista na China

As bolsas do sudeste asiático encerraram o pregão desta quarta-feira (25) majoritariamente em alta, após o congresso do Partido Comunista da China anunciar os novos líderes da China. Além disso, o desempenho positivo de Wall Street na terça também impactaram os resultados da sessão no continente.

O partido manteve o presidente Xi Jinping, com mais poderes, além do primeiro-ministro Li Keqiang no Comitê Permanente do Politburo, instância mais poderosa do país.

O anúncio da nova liderança chinesa veio após a conclusão, na terça, do 19º Congresso do Partido Comunista, que incluiu o nome e ideologia de Xi na Constituição do país e o consolidou como líder mais forte da China em décadas.

Consequentemente, o principal índice acionário chinês, Xangai Composto teve alta de 0,26%, a 3.396,90 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto subiu 0,78%, a 2.025,32 pontos. 

No Japão, o Nikkei recuou 0,45%, a 21.707,62 pontos, encerrando uma sequência recorde de 16 pregões consecutivos de ganhos.

Em outros mercados da região, o Hang Seng avançou 0,53%, a 28.302,89 pontos, em Hong Kong. O sul-coreano Kospi teve leve avanço de 0,08% em Seul, a 2.492,50 pontos. Em Taiwan, o Taiex mostrou ganho marginal de 0,06% em Taiwan, a 10.750,57 pontos. O filipino PSEi teve alta de 0,28% em Manila, a 8.303,35 pontos.