Petróleo opera em queda nesta terça

Os contratos futuros dos barris de petróleo negociados em Londres e Nova York operam em baixa nesta terça-feira (31), conforme a crescente atividade de perfuração nos EUA prejudicou os esforços da Organização dos Países Exportadores do Petróleo (Opep) e de outros produtores para cortar a produção em um movimento para sustentar o mercado.

Após um aumento inicial dos preços, com a esperança de que os mercados iriam se reequilibrar rapidamente, os preços do petróleo foram retidos devido às evidências de maior perfuração de petróleo dos EUA e previsões de uma recuperação na produção de xisto.

Às 9h32 (de Brasília), o petróleo WTI para março, contrato mais líquido, caía 0,42%, a US$ 52,41 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). No mesmo horário, o Brent para abril registrava perda de 0,07%, a US$ 55,28 o barril, na ICE.