Barris de petróleo fecham em alta nesta quinta-feira 

Os preços do petróleo subiram nesta quinta-feira (12) com o enfraquecimento do dólar americano, mas o avanço foi freado após dados revelarem que o aumento dos estoques do produto bruto e do destilado foram maiores do que o esperado.

O barril de WTI avançou 1,72%, cotado a US$ 56,05. O barril de Brent avançou 1,57%, a US$ 53,07.

Nesta manhã, o avanço foi freado após a Administração de Informações Energéticas dos EUA afirmar, em relatório semanal, que houve um acréscimo de 4,1 milhões de barris aos estoques de petróleo bruto na semana que se encerrou no dia 6 de janeiro. Os analistas do mercado esperavam um acréscimo de 1,2 milhão de barris nos estoques de petróleo.

O relatório também divulgou aumento de 5 milhões de barris nos estoques de gasolina, frente a expectativas de acréscimo de 1,7 milhão de unidades. Quanto aos estoques de destilados, incluindo o diesel, a EIA informou ganho de 8.4 milhões de barris.

Enquanto isso, o mercado continua buscando sinais de que os grandes produtores da commodity estão respeitando o acordo de corte.

A Opep decidiu em novembro cortar a produção de petróleo para tentar reduzir um excesso de suprimento global que tem pressionado os preços há mais de dois anos. Vários dos membros da organização parecem estar implementando o acordo.

O recorde de alta no mercado de venda de carros na China, que cresceu 13,7% entre 2015 e 2016 também impulsionou os preços. O aumento foi de 28 milhões de carros vendidos.

Refletindo o crescente consumo de combustível no país, as importações de petróleo devem subir 5,3% em 2017, de acordo com informações da estatal chinesa China National Petroleum Corp (CNPC), divulgadas nesta quinta.

Às 9h34 (de Brasília), o petróleo WTI para fevereiro, contrato mais líquido, subia 0,60%, a US$ 52,85 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). Por volta do mesmo horário, o Brent para março registrava ganho de 1,34%, a US$ 55,84 o barril, na ICE.

Às 14h54, o WTI subia 1,70%, a US$ 53,14. Já o Brent tinha alta de 1,91%, US$ 56,15.