Bolsas da Ásia encerram pregão em baixa, na expectativa de coletiva de Trump

As bolsas do continente asiático encerraram o pregão em baixa nesta terça-feira (10), enquanto os investidores aguardam uma coletiva de imprensa do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, a primeira desde sua vitória. Trump deve falar apenas na quarta, em horário a ser definido. 

A cautela do oriente fez o iene avançar frente ao dólar na madrugada, o que desfavorece o mercado japonês. O índice Nikkei teve baixa de 0,79% em Tóquio, a 19.301,44 pontos. Na véspera, a bolsa japonesa não operou devido a um feriado nacional.

Na China, o Xangai Composto caiu 0,3%, a 3.161,67 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto registrou perda de 0,24%, a 1.989,29 pontos. Os últimos dados chineses de inflação mostraram que os preços aos produtores subiram bem mais do que o esperado em dezembro.

Já em Hong Kong, o movimento foi de alta de 0,83%, a 22.744,85 pontos. Em Taiwan, a alta foi marginal: 0,08% no Taiex, a 9.349,64 pontos. O Kospi perdeu 0,18% em Seul, a 2.045,12 pontos. O filipino PSEi ganhou 1,21% em Manila, a 7.364,34 pontos.