Petróleo opera em baixa pelo segundo dia seguido

Assim como ocorreu no dia anterior, a cotação do barril de petróleo continua caindo. Na véspera, ministro do Petróleo do Iraque, Jabbar al-Luaibi, afirmou que o país está comprometido com os limites de produção definidos na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) no mês passado.

Na manhã desta sexta-feira (23), o barril de petróleo Brent no mercado de futuros de Londres está registrando queda de 0,41% em relação ao fechamento da última quinta-feira (22), cotado a US$ 54,82. Já o barril de petróleo WTI registrava queda de 0,44% cotado a US$ 52,51.

Às 13h51, o barril de WTI para fevereiro registrava queda de 0,34%, cotado a US$ 52,77. No mesmo horário, o Brent para fevereiro caía 0,11%, a US$ 54,99.

Na semana anterior, o Wall Street Journal informou que o Iraque planejava aumentar suas exportações da commodity em janeiro. O ministro iraquiano previu que os preços do barril fiquem na faixa entre US$ 50 e US$ 60, após os cortes serem implementados.