Petróleos revertem baixa e barris fecham acima de US$ 52

Os barris de petróleo negociados em Londres e em Nova York fecharam em alta nesta quinta-feira (22), após o movimento de baixa do início da sessão. O petróleo Brent para fevereiro teve alta de 0,64% e encerrou a US$ 54,81. Já o barril do WTI, também para fevereiro, valorizou 0,29%, cotado a US$ 52,64.

O ministro do Petróleo do Iraque, Jabbar al-Luaibi, afirmou que o país está comprometido com os limites de produção definidos na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) no mês passado e previu que os preços do barril fiquem na faixa entre US$ 50 e US$ 60, após os cortes serem implementados. Na semana passada, o Iraque havia dito que cortaria a produção em 210 mil barris por dia, a partir de 1º de janeiro, como parte do acordo da Opep.

O jornal Wall Street Journal tinha informado que o Iraque planejava aumentar suas exportações da commodity em janeiro.

Às 9h55 (de Brasília), o WTI registrava queda de 0,42%, a US$ 52,27, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent registrava queda de 0,44%, a US$ 54,22, na ICE de Londres. Às 15h55, o petróleo bruto do Texas tinha valorização de 0,88%, a US$ 52,95; enquanto o petróleo do Mar do Norte avançava 1,01%, a US$ 55,01.