Revista Cadernos de Seguro completa 35 anos como a principal publicação do setor no Brasil

 Ela completou 35 anos, firmando-se como uma das principais ferramentas para compartilhar informação e conhecimento sobre o mercado de seguros. Fundada em 1981, a revista Cadernos de Seguro surgiu para suprir a carência de literatura técnica no mercado, até então acostumado a recorrer a títulos estrangeiros. Desde então, tem contribuído para disseminar a cultura securitária e dar mais visibilidade ao setor, que responde por 6% do Produto Interno Bruto (PIB). 

Publicada pela Escola Nacional de Seguros, a revista comemorou seu aniversário no último dia 6, durante coquetel no restaurante Aspargus, no Rio de Janeiro. O evento contou com a presença de 100 pessoas, entre dirigentes e professores da Escola, membros do conselho editorial, executivos do mercado e jornalistas. Na cerimônia, os profissionais que contribuíram para o desenvolvimento e prestígio da revista foram homenageados e receberam placas de reconhecimento.  

O diretor executivo da Escola, Renato Campos, destacou o trabalho do Conselho Editorial e dos demais colaboradores como fundamental para o sucesso e preservação da revista ao longo dos anos. “Ter em nossa sociedade uma publicação com 35 anos de circulação ininterrupta não é pouca coisa. Essa é uma das iniciativas da Escola que nos dá mais orgulho, futuramente esperamos comemorar bodas de ouro”, ressaltou.

Em discurso, o professor Claudio Contador, diretor do Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES), jogou luzes sobre o trabalho árduo de preparação de cada edição realizado. "Nossa homenagem não é endereçada à revista em si, mas a este corpo editorial que é responsável pelo que a Caderna representa hoje. Então, temos uma dívida impagável e uma gratidão extrema com este grupo”, afirmou.

Lucio Antonio Marques, um dos mais antigos membros do conselho editorial, endossou as palavras de Contador. "Se não fossem o profissionalismo e a competência dos jornalistas, não teríamos chegado até aqui e tratado com extrema profundidade de temas que o mercado precisa conhecer".

Vera de Souza, editora da Cadernos há quase sete anos, agradeceu a confiança no trabalho de sua equipe, citando o nome de cada profissional envolvido na produção da revista.