Impulsionadas por Tóquio e Xangai, bolsas da Ásia fecham em alta

As bolsas da Ásia encerraram o pregão com ganhos nesta sexta-feira (25), devido à ausência de novos catalisadores dos EUA. Os mercados americanos não abriram nesta quinta por causa do feriado do Dia de Ação de Graças. As bolsas de Xangai e Tóquio atingiram o maior patamar em dez meses. 

Na China, o Xangai Composto avançou 0,62%, a 3.261,94 pontos, já o Shenzhen Composto registrou alta de 0,39%, a 2.129,85 pontos. Já em Hong Kong, o Hang Seng subiu 0,51%, a 22.723,45 pontos, motivada pela demanda do mercado chinês.

Em Tóquio, o índice Nikkei subiu 0,26%, a 18.381,22 pontos. O mercado local ainda vem sendo motivado pela alta do dólar ante o iene, o que favorece o mercado exportador japonês.

Nas outras bolsas do sudeste asiático, o Kospi, da Coreia do Sul, subiu 0,16% em Seul, a 1.974,46 pontos. O Taiex teve um ligeiro ganho de 0,08% em Taiwan, a 9.159,07 pontos, e o PSEi avançou 0,24% em Manila, a 6.889,78 pontos.