Rússia conseguiu estabilizar a inflação no país, garante Medvedev

O primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, informou hoje (4) que o governo russo conseguiu estabilizar a inflação no país, que deverá fechar o ano em 5,5% e tem previsão de cair para 4% em 2017.

"É igualmente muito importante o fato de termos conseguido estabilizar até o presente momento a inflação – este ano ela será de cerca de 5,5%. 

No ano que vem nós traçamos a meta de 4%, o que, naturalmente, permitirá promover uma política de crédito mais positiva para os negócios" – disse Medvedev em entrevista à Televisão Central da China.

O Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia mantém a previsão oficial de 5,8% para a inflação no país. No entanto, o chefe da pasta, Aleksei Ulyukaev, admite que a taxa de inflação real será menor, devendo fechar o ano entre 5,4% e 5,5%.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais