Petróleo reverte movimento e aguça perdas motivadas por estoques dos EUA

Os preços do petróleo negociados em Londres e Nova York registravam leve alta nesta quinta-feira (3), mas reverteram o movimento. Na véspera, a commodity registrou queda em torno de 3%, devido a alta inesperada nos estoques de petróleo bruto dos Estados Unidos.

O Departamento de Energia norte-americano anunciou na véspera um acréscimo de 14 milhões de barris nas reservas de crude norte-americanas, muito acima da esperada alta de 1 milhão de barris. 

Às 10h10, o barril de Brent para janeiro negociado na International Exchange Futures (ICE), em Londres, tinha alta de 0,94%, a US$ 47,30. O barril de WTI para entrega em dezembro, negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, registrava valorização de 0,75%, a US$ 45,68.

Às 15h15, o petróleo do Mar do Norte tinha queda de 1.34%, a US$ 46,23; e o crude do Texas registrava desvalorização de 1,74%, a US$ 44,55.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais