Barris de petróleo fecham em alta nesta terça

Os futuros do petróleo fecharam em queda após atingir a máxima de vários meses pressionados pela alta do dólar, que compensou parte dos ganhos do acordo da Opep e dados do Irã.

O barril do WTI, negociado em Nova York, encerrou o dia com alta de 0,80%, a US$ 49,20. O Brent fechou com alta de 0,08%, negociado a US$ 51,30.

Os dados levantaram dúvidas sobre a efetividade de um acordo para congelar os preços na próxima reunião da Opep, em 30 de novembro.

O inesperado acordo da Opep na semana passada, que seria consolidado na próxima reunião formal do grupo, ajudou a recuperar a commodity na última semana.

Às 9h13, o barril de Brent para dezembro negociado na International Exchange Futures (ICE), em Londres, tinha queda de 0,49%, a US$ 50,64. Já o barril de WTI para entrega em novembro, negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, recuava 0,74%, a US$ 48,45.

Às 12h56, o petróleo do Mar do Norte tinha alta de 0,39%, a US$ 51,09; enquanto o petróleo bruto do Texas registrava leve avanço de 0,14%, aos 48,88.  

A projeção do mercado é de que os dados desta quarta (5) mostrarão uma interrupção na sequência de quedas das últimas semanas. 

Na véspera, os preços do petróleo negociados em Londres e Nova York também fecharam em alta, com o mercado animado com o acordo entre países da Opep.