No aguardo de dados de emprego nos EUA, bolsas asiáticas fecham sem direção única

Nesta sexta-feira (2), as bolsas asiáticas fecharam sem direção única, com os operadores aguardando o relatório sobre os postos de emprego dos Estados Unidos. Esses dados podem ajudar o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) a determinar a perspectiva das taxas de juros nos EUA.

O indicador, referente ao mês de agosto, será divulgado às 9h30 (de Brasília) e influencia diretamente nas decisões políticas e monetárias do Fed, que irá voltar a revisar os juros ao final de setembro.

Na China, o índice Xangai Composto fechou em pequena alta, de 0,13% a 3.067,35 pontos. Enquanto o Shenzhen Composto teve uma queda de 0,4% a 2.009,29 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng subiu 0,45% a 23.266,70 pontos. Já em Tóquio, o Nikkei fechou os trabalhos praticamente estável, com uma queda simbólica de 0,01% a 16.925,68 pontos.

Em outras partes da Ásia, o índice Kospi em Seul avançou 0,28% a 2.038,31 pontos, após revisão do PIB coreano que foi ajustado ligeiramente para cima, um acréscio de +0,7% para +0,8%, ante o trimestre anterior.