Preços do petróleo mudam direção e registram alta

No início da sessão, cenário era de baixa

Os preços do petróleo negociados em Londres e Nova York, nesta sexta-feira (26), registram valorização. A commodity operava durante a manhã, mas reverteu a direção. A queda era provocada por conta das declarações do ministro de Energia da Arábia Saudita. 

Para Khalid Al-Falih, não há necessidade para intervenções significativas no mercado. De acordo com ele, os países da Opep ainda não falaram sobre um congelamento da produção. O grupo tem reunião marcada para setembro.

O índice dólar, por outro lado, registra queda. Um dólar mais fraco sustenta a demanda pela matéria-prima. 

Às 9h19, o barril de Brent tinha queda de 0,18%, a US$ 49,58, na International Exchange Futures (ICE), em Londres. No mesmo horário, o barril do West Texas Intermediate (WTI), negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, registrava uma perda de 0,06%, a US$ 47,30.

Às 15h14 a direção já era diferente. A produção do Mar do Norte avançava 0,28%, a US$ 49,81. Enquanto isso, o produto do Texas tinha ganhos de 0,42%, a US$ 47,53.

Na véspera, o barril de WTI, na Bolsa Mercantil de Nova Iorque, encerrou com valorização de 1,20%, a US$ 47,33. Já o barril de Brent, cotado na Intercontinental Exchange, avançou 1,26%, a US$ 49,67.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais