'Les Echos': Brasil aumenta perspectivas de crescimento econômico 

Matéria publicada pelo jornal francês Les Echos na sexta-feira (19) fala sobre as perspectivas de crescimento da economia brasileira. O diário diz que o futuro do país que enfrenta uma grave crise política ainda é incerto.

Les Echos  diz que a economia brasileira ainda convalescente, se recupera de uma longa recessão agravada por uma crise política, que deve conhecer seu desfecho até o final deste mês, com a etapa final do processo de destituição de Dilma Rousseff. 

> > Les Echos - Brésil : les perspectives de croissance s'améliorent

O jornal francês acrescenta que caso o presidente interino Michel Temer permaneça em seu cargo, deve mergulhar de braços abertos em um programa de austeridade e reforçar a confiança dos investidores. Mas, por enquanto, as perspectivas são obscuras, diz o Les Echos. 

O jornal destaca que, desde o ano passado, a economia do país ensaia uma leve recuperação. Prova disso é que a previsão de crescimento para 2017 foi revisada de 1,2% a 1,6%. Os primeiros sinais da recuperação começam a aparecer, segundo o ministro das Finanças, Henrique Meirelles, citado na matéria. O jornal lembra que Meirelles propôs o congelamento dos gastos públicos durante 20 anos para tentar controlar o déficit no orçamento, que beira os 10% do PIB brasileiro.

Les Echos finaliza sua análise reiterando que apenas essa medida não será suficiente. Por isso, Temer já começa a preparar a opinião pública para enfrentar a austeridade, especialmente em relação à reforma das aposentadorias, cujos gastos são considerados exagerados pelo governo interino. Do outro lado, os sindicatos já preparam a resistência e devem se manifestar na próxima terça-feira (23) em cerca de 10 cidades, publica o jornal. 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais