Petróleo fecha em baixa nesta quinta-feira

Após alta durante as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (7), os preços do petróleo passaram a registrar desvalorização e fecharam em queda.

Às 19h00, o barril de Brent caía 0,11%, a US$ 46,47, na International Exchange Futures (ICE), em Londres. Já o barril do West Texas Intermediate (WTI), negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, registrava queda de 0,02%, a US$ 45,20.

A mudança na direção ocorreu após a Guarda de Instalações de Petróleo da Líbia divulgar que está se preparando para reabrir os campos, que estavam fechados desde 2014.

A Líbia tem produzido, atualmente, cerca de 350 mil barris de petróleo por dia. O número representa um quarto da produção antes dos protestos de 2011, que derrubaram Muammar Gaddafi. 

Às 8h47, o barril de Brent tinha alta de 1,23%, a US$ 49,40, na International Exchange Futures (ICE), em Londres. Já o barril do West Texas Intermediate (WTI), negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, registrava avanço de 1,24%, a US$ 48,02.

Já às 12h15, os preços mudaram a direção. O barril do Mar do Norte estava cotado a US$ 48,37, com baixa de 0,88%. Já a produção do Texas estava avaliado em US$ 47, com baixa de 0,91%.

Por volta de 15h26, os preços continuaram a cair. O barril do Mar do Norte estava cotado a US$ 46,45, com baixa de 4,75%. Já a produção do Texas estava avaliado em US$ 45,20 com baixa de 4,87%.

Às 16h36, o barril de Brent tinha queda de 4,77%, a US$ 46,47, na International Exchange Futures (ICE), em Londres. Já o barril do West Texas Intermediate (WTI), negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, registrava caía 4,72%, a US$ 45,19.

Nesta quinta-feira (7), a Administração de Informação de Energia (AIE) dos EUA divulgou seu relatório semanal sobre estoques de petróleo. A queda semanal foi de 2,2 milhões de barris nas reservas, uma redução menor do que a prevista pelos analistas. O relatório vem um dia após o usual, devido ao feriado do Dia da Independência de segunda-feira (4).

Na quarta-feira (6), o barril de Brent para setembro, negociado na ICE, subiu 1,75%, a US$ 48,80, enquanto o barril WTI para agosto, negociado na Nymex, avançou 1,78%, cotado a US$ 47,43.