Petróleos fecham em alta pelo segundo dia seguido

Dados de estoque dos EUA impulsionaram preços

Os barris de petróleo encerraram em forte alta nesta quarta-feira (11). A valorização expressiva ocorreu em meio à nova divulgação sobre os dados de estoque dos EUA. 

A Administração de Informação de Energia (AIE) informou que as reservas de petróleo caíram 3,4 milhões de barris na semana passada. A diminuição na oferta ocorreu pela primeira vez desde março.

O barril de Brent, negociado na ICE, teve alta de 4,6%, a US$ 47,60. Já a produção de WTI registrou valorização de 3,5%, a US$ 46,23.

As interrupções da produção na região de Alberta no Canadá, devido a um incêndio florestal, ainda repercute entre os investidores, que esperam uma redução na oferta da commodity nos mercados globais.

Na véspera, o petróleo também terminou as negociações em alta. O barril de Brent teve alta de 4,3% e encerrou a US$ 45,52 na ICE. Já o produto de WTI avançou 2,8%, a US$ 44,66 no Nymex.