Bovespa sobe 4% com cenário político no radar

Dólar volta a fechar a baixo de R$ 3,50

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou em alta de 4% nesta terça-feira (10). A expectativa de investidores com o afastamento da presidente Dilma Rousseff, que pode se concretizar nesta quarta (11), impulsionou o resultado. A valorização das commodities nos mercados globais também ajudaram para o desfecho desta sessão.

O ibovespa avançou 4,08%, aos 53.070 pontos.

As ações da Petrobras também se destacaram. Os papeis ordinários valorizaram 7,29%, a R$ 12,95 nesta quarta. Já as preferenciais subiram 7,49%, a R$ 10,19. A Vale também registrou resultado positivo. As ações ordinárias avançaram 5,32%, a R$ 16,04. Já as preferenciais tiveram alta de 7,13%, a R$ 13,23.

Na véspera, a bolsa teve baixa de 1,24%, aos 51.076 pontos.

Dólar em baixa

Frente ao real, o dólar fechou em queda nesta terça-feira (10). A moeda norte-americana recuou 1,65%, a R$ 3,4666. As atenções de investidores ficaram voltadas para o cenário político. Analistas esperam que, em um eventual governo Michel Temer, o modelo econômico adotado favoreça o mercado financeiro.

No acumulado de 2016, o dólar acumula desvalorização de 12%.

Na véspera, a moeda dos EUA fechou em R$ 3,51, com alta de 0,12%.