Preços dos barris de petróleo despencam quase 4%

As novas descobertas de petróleo no ano passado alcançaram o valor mais baixo desde 1954

A demissão de Ali- al-Naimi, ministro do petróleo da Arábia Saudita por mais de 20 anos e uma das figuras mais poderosas do assunto, provocou a desvalorização da commodity nesta segunda-feira (9), apesar de o novo ministro, Al-Falih, ter dito, em seu primeiro dia de mandato, que não mudará a política de não congelamento da produção.

O preço do barril de Brent despencou 3,92% cotado a US$ 43,59. Já o WTI desvalorizou 2,80%, cotado a US$ 43,41.