Preços do petróleo caem na abertura da semana

Brent e WTI são negociados abaixo de US$ 45

Preços do barril de petróleo apresentam queda nesta segunda-feira (9). Às 9h57, o barril de Brent recuava 1,06%, a US$ 44,89. No  horário, o produto de WTI tinha baixa de 0,47%, a US$ 44,45.

Às 10h31, a produção do Mar do Norte, cotada no ICE, estava avaliada em US$ 44,54, com movimento negativo de 1,83%. No mesmo horário, a desvalorização do produto do Texas era de 1,05%, valendo US$ 44,19.

Às 14h27, o preço do barril de Brent desvalorizou 3,24%, cotada a US$ 43,88, enquanto o WTI caiu 2,28% custando US$ 43,64

Investidores seguem atentos às primeiras medidas que devem ser implementadas pelo novo ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Khalid al-Falih. A demissão do ministro Ali al-Naimi, uma das figuras mais poderosas do setor no mundo, não deve, no entanto, mudar o posicionamento do reino de não congelar a produção.

O novo ministro é ainda mais próximo ao príncipe Mohammed bin Salman, o segundo na linha para assumir o trono. Com isso, a avaliação de representantes dos mercados globais é que está cada vez mais longe um possível acerto para haver diminuição da oferta da commodity.

Na última sessão, o preço do barril de Brent fechou com alta de 0,69%, cotado a US$ 45,32. Já o barril norte-americano (WTI) subiu 0,65%, cotado a US$ 44,61.