Países latino-americanos discutem corte na produção de petróleo

Representantes de Colômbia, Equador, México e Venezuela, países latino-americanos exportadores de petróleo, se reuniram na sexta-feira (8) para discutir um possível congelamento na produção da commodity. A ideia é que os preços valorizem com a diminuição da oferta nos mercados globais.

O objetivo do encontro era estabelecer um posicionamento antes da reunião planejada pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que deve ocorrer em Doha, no dia 17 de abril. Os representantes declararam que vão apoiar o que for decidido no Catar.

Na reunião, o representante mexicano fez ressalvas sobre a redução, uma vez que o país já vem diminuindo a produção de petróleo nos últimos anos. O ministro de Energia do país declarou que o corte no país foi de mais de um milhão de barris por dia em 12 anos.

A expectativa é que representantes de 20 países devem participar da reunião do dia 17 de abril.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais