'Financial Times': Preço do petróleo influencia economia global

Matéria publicada nesta quarta-feira (6) no Financial Times, fala que a realidade está comprovando as baixas expectativas dos analistas econômicos. Depois que o preço global do petróleo começou a cair quase 70 por cento desde o final de 2014, o Fundo Monetário Internacional começou a prever uma grave recessão.

Segundo a reportagem, as previsões diziam que o mundo iria se recuperar após o topo da crise em 2016, com as economias avançadas voltando a apostar no crescimento dos mercados emergentes. Mas nada disso está acontecendo. Christine Lagarde, chefe do FMI, advertiu esta semana que o crescimento permanecerá "muito baixo por muito tempo".

O jornal acrescenta que as expectativas de que o petróleo mais barato poderia trazer o dinamismo perdido para Europa, China, EUA e no Japão foram frustradas. Apenas a Índia se destaca como uma feliz exceção.

Há menos de 1 ano ainda se esperava uma recuperação para 2016, com as previsões de crescimento global de 3,5 por cento. Mas a paisagem se deteriorou tão rapidamente, de acordo com o Citi, que a taxa prevista agora é de 2,5 por cento, sinalizando que a economia mundial está apenas sobrevivendo no limite de uma recessão, geralmente definida quando o crescimento global fica abaixo de 2 por cento.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais