Dólar sobe mais de 1% com atuação do Banco Central e cenário político 

Bovespa sobe em meio a canário político turbulento 

O dólar fechou em alta nesta quinta-feira (7), cotado pouco abaixo do patamar de R$ 3,70, com o Banco Central voltando a atuar por meio de swap cambial reverso, e diante também de um cenário de incessante turbulência política. 

A moeda norte-americana avançou 1,32%, vendida a R$ 3,6937. Durante as operações, chegou a ser cotada a R$ 3,71. Na semana, a moeda acumula alta de 3,67%. No mês de abril, tem valorização de 2,7%. Já no ano de 2016, o dólar recua 6,4% até aqui. 

Bovespa fecha em alta, também na esteira do cenário político 

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, encerrou o pregão de hoje em queda, também influenciada pelo noticiário político, marcado pelos desdobramentos do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. 

A bolsa subiu 0,87%, a 48.513 pontos. Na máxima do dia, o índice de referência do mercado acionário brasileiro subiu 1,75%, encostando nos 50 mil pontos.

Os papeis da Petrobras fecharam em alta, apesar da volatilidade com que os barris de petróleo operaram nesta quinta. As ações ordinárias da estatal, PETR3, subiram 2,16%, a R$ 9,94, e as preferenciais, PETR4, avançaram 1,58%, a R$ 7,70. 

A Vale, por outro lado, registrou leves perdas, prejudicada pela queda do preço do minério de ferro no mercado chinês. VALE3, referente aos papeis ordinários da empresa, recuou 0,40%, a R$ 15,01, ao mesmo tempo em que os preferenciais, VALE5, tiveram baixa de 1,32%, vendidos a R$ 11,25.

Ações bancárias também subiram. Banco do Brasil e Itaú tiveram alta de mais de 2%, e Bradesco cresceu cerca de 1,2%. 

Bolsas chinesas fecham em baixa na sessão desta quinta

A espera pela divulgação de dados econômicos chineses pressionou as bolsas do país. Os índices caíram mais de 1% na sessão desta quinta-feira (7). Investidores também seguem cautelosos com a possibilidade de haver calote nomercado nacional de títulos corporativos.

O índice SSEC, em Xangai, desvalorizou 1,35%, aos 3.009 pontos. O CSI300, que reúne as maiores companhias 4listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,48%, aos 3.209 pontos.

No restante do continente, a maioria das praças fechou em alta. O japonês Nikkei teve alta de 0,22%, aos 15.749 pontos, pegando carona no bom desempenho dos setores de energia e saúde. Em Hong Kong, o índice Hang Seng avançou 0,29%, aos 20.266 pontos. O índice Kospi, em Seul, subiu 0,13%, aos 1.973 pontos. Em Taiwan, o índice Taiex recuou 0,27%, aos 8.490 pontos. Em Cingapura, o índice Straits Times subiu 0,08%, aos 2.813 pontos.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais