Petróleos caem com anúncios do Federal Reserve 

Fed garantiu hoje que não aumentará os juros no curto prazo 

Os preços dos barris de petróleo encerraram a sessão desta terça-feira (29) em forte baixa, influenciados pela declaração da chair do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Janet Yellen, de que o ajuste monetário nos Estados Unidos deve acontecer de maneira "cautelosa", tendo-se em perspectiva os crescentes riscos por que passa a economia mundial. O órgão garantiu hoje que a taxa de juros no país não será elevado no curto prazo. 

O barril de Brent para entrega em maio fechou nesta terça em baixa de 1,01% no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 39,85.

O petróleo do Mar do Norte terminou a sessão no International Exchange Futures (ICE) US$ 0,41 abaixo do valor final da sessão da véspera. 

Já o WTI despencou 2,81%, aos US$ 38,28, chegando a seu nível mais baixo nas últimas duas semanas. 

Ao final da sessão de hoje na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em maio caíram US$ 1,11 em relação ao fechamento da véspera.