Vivendi amplia participação na Telecom Italia

Grupo aumentou em 1,4% sua participação, ficando próximo aos 23%

O grupo francês Vivendi ampliou sua participação na Telecom Italia, dona da TIM, e está próximo de ter 23% das ações da companhia.

    A operação foi informada em comunicado nesta segunda-feira (22) ao mercado italiano, mas já havia sido antecipada no dia 19 de fevereiro à Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC), agência que regula o mercado de valores mobiliários no país.

    Segundo nota, no mês de fevereiro, em diversas sessões, houve o investimento de cerca de 161,4 milhões de euros para adquirir ações ordinárias equivalentes a 1,4%, saltando assim dos precedentes 21,39% para 22,79% do capital no grupo italiano.

    Dias antes, durante a apresentação das contas de 2015, o CEO da Vivendi, Arnaud de Puyfontaine, havia informado que a intenção do grupo francês é "acompanhar a mais grande empresa de comunicação da Itália no seu projeto de desenvolvimento a longo prazo", estabelecendo assim uma presença "em um mercado no qual dividimos as mesmas raízes latinas".

    Desde junho do ano passado, o grupo Vivendi vem aumentando gradualmente sua fatia na Telecom Italia.

    - Telecom Argentina: Durante o fim de semana, voltaram a aumentar as conversas sobre a venda da Telecom Argentina. O presidente da filial latino-americana informou à SEC que o exame da venda à Fintech está ainda em análise das autoridades locais.

    "No dia 15 de outubro, informamos que a Autoridade Federal para a Tecnologia da Informação e da Comunicação (Aftic) da Argentina tinha decidido recusar a autorização da transferência para a Fintech da participação no controle que a Telecom Italia detém na Sofora. No dia 17 de fevereiro, a Autoridade Nacional para as Comunicações (Enacom) comunicou que aceitou parcialmente o recurso apresentado e que esta agência continuará a analisar a operação", informou o grupo em nota. (ANSA)