'Agora': Credores europeus trabalham em plano para aliviar dívida da Grécia

Segundo matéria publicada neste domingo (21) no jornal grego Agora, os credores europeus estão trabalhando em um plano para oferecer à Grécia um alívio gradual de suas dívidas, sob a condição de que o país adote mais reformas até 2022, publicou o jornal semanal grego Agora, neste sábado.

A reportagem diz que os credores inicialmente permitiriam taxas de juros menores e vencimentos mais longos na dívida de 316 bilhões de euros. Em um estágio mais avançado, haveria conversas para relacionar o pagamento das dívidas ao crescimento econômico, se Atenas implementar medidas a serem concordadas com os credores até 2022, acrescentou.

O plano foi discutido entre oficiais da Comissão Europeia, o fundo de resgate da zona do euro, o Banco Central Europeu, e os maiores países da zona do euro, afirmou a publicação.

Os credores falaram publicamente sobre alívio das dívidas se as reformas forem completas.

Questionado sobre a reportagem, o ministro de Finanças da Finlândia, Alexander Stubb, disse: "Neste momento, não estamos pensando em alívio de dívida, mas completando a terceira revisão do primeiro programa interino."