Após passar quase todo o pregão em queda, Bovespa vira e fecha em alta

Dólar cai mas se mantém acima do patamar de R$ 4

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, fechou em leve alta nesta sexta-feira (19), após operar durante quase todo o pregão em queda. Os avanços de empresas como Vale e Cielo acabaram prevalecendo sobre as perdas da Petrobras, em novo dia de baixa do preço do petróleo, e um quadro externo desfavorável. 

A bolsa de São Paulo subiu 0,16%, aos 41.453 pontos. Na semana, a alta acumulada foi de 4,36%.

Com a nova baixa do preço do barril de petróleo, as ações da Petrobras recuaram durante todo o pregão. No encerramento, os papéis ordinários da empresa, PETR3, registraram queda de 3,33%, vendidos a R$ 6,38, enquanto os preferenciais, PETR4, se desvalorizaram em 2,83%, a R$ 4,46. 

Já a Vale foi beneficiada pela nova alta dos preços do minério de ferro na China e registrou crescimento hoje. Sua ações ordinárias, VALE3, avançaram 2,78%, a R$ 11,83, ao mesmo tempo em que seus papeis preferenciais, VALE5, subiram 4,07%, comercializados a R$ 8,69.

Bolsas europeias caem, empurradas pela nova baixa do petróleo

O forte recuo dos preços do petróleo hoje arrastou também as bolsas europeias. A commodity era pressionada devido à insegurança quanto ao excesso de oferta, após os EUA divulgarem ontem que seu estoque chegara a níveis recordes. 

O índice pan-europeu Stoxx 600 caiu 0,77%, aos 326,37pontos, com todos os setores em território negativo. No entanto, acumulou ganhos de 4,4% na semana. O FTSE 100, da bolsa de Londres, recuou 0,36%, aos 5.950,23 pontos. O DAX, de Frankfurt, perdeu 0,80%, aos 9.388,05 pontos. O CAC 40, de Paris, cedeu 0,39%, aos 4.223,04 pontos e o Ibex 35, de Madri, regrediu 1,22%, aos 8.194,20 pontos.

Principais bolsas asiáticas também fecham em baixa

As bolsas da Ásia tiveram leve recuo nesta sexta-feira (19). No entanto, no acumulado semanal, as ações do continente tiveram alto desempenho. 

Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 1,42%, a 15.967 pontos. No acumulado da semana, o ganho foi de 6,8%. O CSI300, que reúne companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,07%, a 3.051 pontos, mas subiu 3% na semana. E o índice de Xangai caiu 0,05%, a 2.821 pontos, e valorizou 3,5% no acumulado semanal.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve recuo de 0,40%, a 19.285 pontos. Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,39%, a 1.916 pontos. Em Taiwan, o índice Taiex avançou 0,12%, a 8.325 pontos. Em Cingapura, o índice Straits Times caiu 0,03%, a 2.656 pontos. Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 desvalorizou 0,79%, a 4.952 pontos.

Dólar cai, mas se mantém acima de R$

O dólar também fechou em baixa hoje, mas ainda acima de R$ 4, após o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, descartar a possibilidade de corte de juros.

A moeda norte-americana caiu 0,65%, vendida a R$ 4,0227. Na semana, o dólar acumulou alta de 0,83%. No mês, há leve queda, de 0,04%, mas no ano, a moeda subiu 1,89%.