Dólar sobe, com cenário político conturbado

Na segunda-feira, moeda subiu 0,32%, a R$ 3,8862

Dólar sobe após abrir em queda nesta segunda-feira (15/12) com a operação da Polícia Federal, que cumpriu mandados de busca e apreensão na casa do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e dos ministros Henrique Alves (Turismo) e Celso Pansera (Ciência e Tecnologia). Todos os políticos são do PMDB. A alta da moeda norte- americana também é influenciada pela possível elevação dos juros nos Estados Unidos, que poderá ser anunciada pelo Federal Reserve (Banco central dos EUA)nesta quarta-feira (16).

Às 9h10, o dólar recuava 0,58%, a R$ 3,8634.

Às 9h39, a divisa caía 0,22%, a R$ 3,8776.

Às 10h09, a queda era de 0,19%, a R$ 3,8785.

 Às 10h39, a moeda norte-americana subia 0,02%, a R$ 3,887.

Às 11h, o dólar avançava 0,06%, a R$ 3,8806.

Na segunda-feira, o dólar subiu 0,32%, a R$ 3,8862 para venda.