Dólar opera em queda, com expectativa de leilão

Na sexta-feira, moeda subiu 0,2%, a R$ 3,8628 na venda

O dólar opera em forte queda ante o real nesta terça-feira (3) pós-feriado. O mercado ainda reflete o anúncio do Banco Central (BC) sobre o leilão de venda de até 500 milhões de dólares com compromisso de recompra para esta sessão.

O BC também realizou nesta manhã o primeiro leilão de swaps cambiais, para rolar os contratos que vencem em dezembro, com oferta de até 12.120 contratos. 

Às 9h52, o dólar tinha queda de 0,52%, a R$ 3,8308.

Às 14h47, a moeda norte-americana caía 2,30%, cotada a R$ 3,7613.

Na última sexta-feira (30), o dólar subiu 0,2%, a R$ 3,8628 na venda. Na semana passada, a moeda caiu 0,71%.

As estimativas para o dólar ao final de 2015 e 2016 foram mantidas no Relatório de Mercado Focus divulgado nesta terça-feira, 3, pelo Banco Central, mas houve mudança nas previsões da cotação média para os dois anos.

Segundo o boletim, para 2016, a mediana das estimativas para o dólar seguiu em R$ 4,20 de uma semana para outra. Há quatro edições do Focus a perspectiva era de uma cotação de R$ 4. Já o ponto central da pesquisa para a cotação média de 2016 passou de R$ 4,05 para R$ 4,11 no período. Um mês antes, a mediana estava em R$ 3,99.

No caso de 2015, as projeções para o dólar no fim do ano seguiram em R$ 4, como visto há quatro edições consecutivas. Já o câmbio médio caiu de R$ 3,41 para R$ 3,40 - quatro edições da pesquisa atrás, a mediana das expectativas estava em R$ 3,41.