ONU: alimentos básicos registram queda em relação a ano passado

Com reservas abundantes e a derrubada do preço do petróleo e do dólar, os preços de alimentos da cesta básica permanece em queda, aponta estudo divulgado nesta quinta-feira (8) pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

Após alcançar nível mínimo em seis anos (155,7 pontos) em agosto, o Índice de Preços dos Alimentos teve leve aumento (156,3 pontos) em setembro. No entanto, em relação ao mesmo período do ano passado, o recuo dos preços é de 18,9%.

"Os cereais básicos são a base da tendência da baixa dos preços, como resultado de vários anos de abundantes colheitas no mundo todo, assim como o armazenamento, que fez as reservas alcançarem níveis recordes", divulgou a FAO.

por Pedro Leite