Ministro de Comércio cubano pede fim de embargo

Segundo ele, medidas atenuadoras 'são insuficientes'

O ministro cubano de Comércio Exterior e Investimentos Estrangeiros, Rodrigo Malmierca, disse que as medidas aplicadas para atenuar o embargo imposto pelos Estados Unidos são "insuficientes". Em encontro com Secretária de Comércio dos Estados Unidos, Penny Pritzker, em Cuba, Malmierca "valorizou positivamente as medidas adotas pelo presidente Barack Obama", mas destacou que ele pode fazer mais avanços no tema.

    Ainda segundo o secretário cubano, o bloqueio é o principal impasse no processo de retomada de relações entre as nações vizinhas.

    Segundo fontes cubanas, o encontro "teve como objetivo conhecer o alcance e as limitações das regulamentações emitidas pelo governo norte-americano neste ano, para modificar a aplicação de aspectos pontuais do bloqueio econômico, comercial e financeiro contra Cuba".

    Após a reabertura de Embaixadas em Cuba e Estados Unidos em julho, Washington anunciou em setembro a remoção de diversas restrições legais comerciais.

    Durante sua visita, a norte-americana visitou a zona especial de investimentos do porto de Mariel, construído com apoio financeiro do governo brasileiro.

    Pritzker é a segunda integrante do gabinete de Obama que visita oficialmente Cuba, após o secretário de Estado, John Kerry, em agosto. (ANSA)