Produção industrial cai em dez dos 14 locais pesquisados, diz IBGE

Em agosto de 2015, dez dos 14 locais pesquisados registraram queda na produção industrial, em comparação a julho, informou hoje (7) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os recuos mais intensos foram registrados por Pará (-4%), Goiás (-3,2%) e Rio Grande do Sul (-2,8%), acima da média nacional. Em agosto, a produção industrial nacional recuou, em média, 1,2% em relação ao mês imediatamente anterior, segundo pesquisa do IBGE divulgada sexta-feira (2).

Amazonas (-2,2%), Pernambuco (-2,2%), Espírito Santo (-1,9%), São Paulo (-1,7%) e Paraná (-1,3%) também apontaram recuos mais intensos do que a média nacional, enquanto Bahia (-1%) e região Nordeste (-0,6%) completaram o conjunto de locais com índices negativos em agosto de 2015.

Em contraste, Ceará - com expansão industrial de 3,5% - mostrou o avanço mais elevado, recuperando parte do recuo de 4,5% observado no mês anterior. Os demais resultados positivos foram registrados por Santa Catarina (1,1%), Minas Gerais (0,9%) e Rio de Janeiro (0,2%).