Standard & Poor’s reafirma nota de crédito do Banco do Brasil

Rating permanece em “BB-/A-3”,com perspectiva estável

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (23), a Standard & Poor’s reafirmou o rating de emissor do Banco do Brasil em “BB-/A-3”, com perspectiva estável.

Por considerá-lo uma entidade relacionada ao governo (GRE, na sigla em inglês), a agência de risco entende que, em caso de dificuldades, a probabilidade de que o banco receba apoio do governo é muito alta. O anúncio de que o Fundo Soberano (especialmente o Fundo Fiscal de Investimento e Estabilização – FFIE) aos poucos venderá suas ações do banco não afeta a avaliação final da instituição, afirmam analistas da S&P.

De acordo com a agência, o Banco do Brasil apresenta liquidez adequada, similar a outros bancos em operação no país, e a estimativa é que seu desempenho operacional apresente melhoras, apesar do difícil cenário econômico brasileiro.   

>>> Austin rebaixa rating soberano do Brasil para 'BB+' em moeda estrangeira

>>> Perda de grau de investimento do Brasil preocupa especialistas